domingo, 1 de agosto de 2010

Bastardo

No GP da Hungria deste domingo, diferente do GP anterior na Alemanha, “o bem venceu o mal”.

video

Depois de vermos na semana passada uma ordem anti-desportiva fazer com que um Massa sem brios cedesse a primeira colocação ao chorão Alonso, vimos hoje uma grande ultrapassem de Rubens Barrichello sobre o Schumacher, quando este último, de forma irresponsável, o espremeu ao muro na tentativa de interromper o seu objetivo.
Logo após a ultrapassagem, pelo rádio com a equipe, Rubinho qualificou o ex-campeão de algo como “bastardo”.
Não deveria ser assim, talvez, mas gostei de ouvir tal desabafo, ainda mais vindo do Rubinho...e claro por se direcionar a (des)qualificação ao Schumacher que deve ser o maior ídolo comportamental de Fernando Alonso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário